Importante!

Este blog foi feito para compartilhar frases e textos, proporcionar alguns sorrisos e quem sabe dar pitadas de emoção à vida de quem o ler.

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Dica de Leitura #47

Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter - Sarah McLean

Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter é o segundo livro da série "Os Números do Amor" de Sarah MacLean, composta por três volumes. Cada livro conta a história de um dos irmãos da família St. John: Gabriel, Nicholas e a meia irmã dos dois, Juliana Fiorini.

LivroDez Formas de Fazer um Coração se Derreter 
Autora: Sarah McLean
Editora: Arqueiro 
Nº de páginas: 352


Isabel é filha do conde Perdulário, um apostador incontrolável que sempre negligenciou a família. Após a morte da mãe, foi Isabel quem assumiu a responsabilidade pelo irmão mais novo, James, e por Townsend Park, um dos bens da família que o pai ainda não perdera nas jogatinas.

Lorde Nicholas St. John, o irmão gêmeo do marquês de Ralston, é um dos solteiros mais desejados da temporada, no entanto, ele não demonstra nenhum interesse em se casar. Por isso, quando o duque de Leighton pede que ele o ajude a encontrar a irmã que fugira de casa, Nick aceita o desafio no intuito de se esquivar das jovens solteiras de Londres.


Com a ausência do pai, Isabel transformou a casa da família em um refúgio para mulheres que precisavam de ajuda, seja porque foram abusadas, excluídas da sociedade ou engravidaram e foram abandonadas. Apesar do pouco dinheiro, Townsend Park era mantido com a ajuda de suas hóspedes. Cada qual responsável por alguma tarefa, as jovens mantinham-se unidas e em segurança, até que a morte do conde faz com que Isabel precise vender sua coleção de estátuas de mármore.

Nick é especialista em antiguidades e está na região. Por sorte ou destino, ele encontra Isabel e se prontifica a ajudá-la. No entanto, ao conhecerem Townsend Park, o lorde e seu amigo Rock, percebem que há algo misterioso naquela casa e ficam cada vez mais curiosos sobre os mistérios daquele lugar.

Em pouco tempo, Nick percebe que apesar de ser filha de um conde, Isabel não é exatamente uma moça frágil. A jovem monta a cavalo, conserta telhados e faz o que for preciso para manter o irmão e seus criados em segurança. E mesmo sabendo que aquela mulher tem diversos segredos, Nick não vê a hora de poder desvendá-los, nem que isso o leve ao altar.


Acredito que o diferencial da história seja o fato de Townsend Park ser um refúgio de mulheres que foram excluídas, de uma forma ou outra, pela sociedade da época. A união e a força das jovens são bastante evidenciadas pela autora e torcemos por um final feliz para as moradoras da Casa de Minerva.

Os desfechos da história são previsíveis e práticos, o leitor não cria tanta expectativa durante o enredo, mas, de qualquer forma, é um bom romance de época.

Uma ótima dica para aqueles que gostam de um final feliz!

Elis C.

Nenhum comentário:

Postar um comentário