Importante!

Este blog foi feito para compartilhar frases e textos, proporcionar alguns sorrisos e quem sabe dar pitadas de emoção à vida de quem o ler.

sábado, 5 de março de 2016

Lançamentos: Editora Sextante

                        Lançamentos do Mês de Março: Editora Sextante

10% Humano - Alanna Collen
Saúde - 288 páginas

Lançamento: 14/3
Há muito mais coisas em seu corpo do que você poderia imaginar. Cerca de 100 trilhões delas, para ser mais exato. Para cada célula humana em nosso organismo, há outras nove impostoras, pegando carona. 

Você não é formado apenas de carne e osso, sangue e músculo, mas também de bactérias e fungos. Não é um indivíduo, mas uma colônia – um ecossistema. Somos apenas 10% humanos. 

Neste livro instigante e revolucionário, a bióloga Alanna Collen apresenta as últimas pesquisas científicas e mostra de que forma os micróbios que habitam o corpo determinam nosso peso, o funcionamento de nosso sistema imunológico e até mesmo nossa saúde mental.

---

PSI-Q - Ben Ambridge
Não ficção - 272 páginas

Lançamento: 1/3
A psicologia tem um objetivo bastante ambicioso: desvendar as motivações ocultas por trás de absolutamente tudo que fazemos. Em Psi-Q, Ben Ambridge nos mostra o que os experimentos conduzidos nas universidades mais prestigiosas do mundo revelam sobre nós mesmos, traduzindo para uma linguagem fácil, acessível e divertida os conceitos mais básicos da psicologia. 

Com testes interativos, piadas e jogos, você vai identificar os traços marcantes da sua própria personalidade, avaliar sua inteligência e descobrir quais valores morais determinam o seu comportamento. Quando chegar ao fim do livro, vai se dar conta de que passou a se conhecer muito mais e a tentar compreender melhor as atitudes dos outros.

---

O Ponto de Equilíbrio - Christine Carter
Autoajuda - 256 páginas


Lançamento: 15/3
Aprenda como alcançar mais fazendo menos! Encontre seu ponto de equilíbrio; o ponto ideal onde você tem ao mesmo tempo o máximo de força e de tranquilidade. Christine Carter – socióloga, palestrante, escritora e mãe – estava cansada da sobrecarga imposta pelo mundo moderno: tantas obrigações conflitantes e tão pouco tempo, energia e paciência para cumpri-las. Ela tentou as diversas técnicas já conhecidas para resolver o problema – priorizar, delegar, fazer várias coisas simultaneamente –, mas nada funcionou. Determinada a criar para si uma vida menos estressante – sem desistir de sua carreira bem- -sucedida ou da felicidade junto à família –, testou todas as táticas apresentadas em pesquisas que prometiam trazer mais calma ao seu dia a dia. Influenciada por seu vasto conhecimento de estudos acerca de felicidade, produtividade e alta performance, seguiu cada estratégia que lhe oferecia mais vigor, eficiência ou criatividade. Em O ponto de equilíbrio Christine compartilha com você as ações que implementou e que finalmente transformaram sua vida.


---

Animorphia - Kerby Rosanes
Artes - 96 páginas

Lançamento: 14/3
Descubra Animorphia, um lugar fabuloso onde criaturas e objetos exóticos se transformam em animais de uma beleza impressionante. 

Aqui você encontrará ilustrações ricas em detalhes para colorir e completar. 

Faça as páginas ganharem vida e crie o seu zoológico personalizado. 

Pegue suas canetinhas, seus lápis de cor e dê asas à sua imaginação nesta aventura surreal!


---

A Cara do Rio - Ricardo Amaral e Raquel Oguri
Ficção - 496 páginas

Lançamento: 14/3
O Rio de São Sebastião pelos acontecimentos curiosos, pelos personagens peculiares, pelos bastidores! Com humor e um texto saboroso, Ricardo Amaral, com a ajuda de Raquel Oguri, reconta o que já é conhecido e resgata pequenas grandes histórias que andavam perdidas em esquinas, ruelas e sebos. E constrói, assim, um inusitado painel, mostrando a cara do Rio. Um olhar afetuoso, alegre e crítico e um resgate da memória de cada carioca que está escrita pelas ruas da cidade. Como flaneurs, os autores embarcam com Estácio de Sá e atracam na nova praça Mauá, em um roteiro delicioso por costumes, festas, gastronomia, lazer, arquitetura, cultura, comunicação, política e economia. Uma celebração das carioquices, uma carta de amor ao Rio de Janeiro.


---

Metanoia - Roberto Adami Tranjan
Negócios - 192 páginas


Lançamento: 1/3
A empresa de Lucas está passando por sérias dificuldades. As vendas despencaram, os funcionários estão desmotivados e a equipe gerencial parece estar presa a práticas ultrapassadas. No auge do desespero, Lucas conhece um empresário e é apresentado a uma nova forma de liderança que coloca as pessoas de fato em primeiro lugar. A partir daí ele inicia uma mudança radical na maneira de enxergar seu empreendimento, os negócios e a vida. A cada novo insight despertado nas conversas com outros mentores, o empresário se volta para a própria realidade e vai montando um modelo de prosperidade para retomar o crescimento. Porém, para colocá-lo em prática, ele precisa enfrentar a resistência do sócio e dos outros executivos, que, presos aos problemas do dia a dia, não conseguem ver adiante e não se mostram dispostos a experimentar nada novo. Metanoia – que significa expansão da consciência – é um processo apoiado em metodologias de gestão que leva a uma nova maneira de olhar a realidade e garante resultados excelentes.


---

Assim Se Pariu o Brasil - Pedro Almeida Vieira
Não ficção - 320 páginas


Lançamento: 15/3
Há mais de 500 anos houve um pequeno povo, oriundo de um minúsculo pedaço da Europa, que descobriu, diz-se por engano, um pedaço da costa sul-americana. E depois mandou para lá mais naus. E mais gentes. Por lá atacou índios e foi atacado por eles, aliou-se a nativos, procriou com índias, trouxe negros da África, procriou com negras, mandou jesuítas pregarem terra adentro, meteu-se em cultivos e garimpos, perambulou pelo sertão, navegou por rios parecidos com o mar. Ainda lidou com a cobiça de outros países europeus sedentos em filar seu quinhão. Tudo isso só poderia resultar em sangue e crueldade, mas bem misturado com coragem e sagacidade. Neste livro, Pedro Almeida Vieira mostra como um “rato” (Portugal) pariu uma “montanha” (Brasil). Com ilustrações de Enio Squff, a obra relata 25 dos mais fundamentais episódios da História colonial. Conhecer isto, por meio da pena de um português, talvez ajude a compreender por que o Brasil nasceu quase sem dramas (ao contrário dos outros países sul-americanos), e depois cresceu assim, como se sabe. A “culpa”, sempre se pode dizer, foi do português, claro. E o autor, português, até concordará.

Elis C.

Nenhum comentário:

Postar um comentário