Importante!

Este blog foi feito para compartilhar frases e textos, proporcionar alguns sorrisos e quem sabe dar pitadas de emoção à vida de quem o ler.

sábado, 21 de abril de 2012


Trecho do livro "Mulher Perdigueira" de Fabricio Carpinejar. Uma pequena descrição dele sobre essa mulher.


Quero uma mulher perdigueira, possessiva, que me ligue a cada quinze minutos para contar uma ideia ou uma nova invenção para salvar as finanças, quero uma mulher que ame meus amigos e odeie qualquer amiga que se aproxime. Que arda de ciúme imaginário para prevenir o que nem aconteceu. Que seja escandalosa na briga e me amaldiçoe se abandoná-la. Que faça trabalhos em terreiro para me assustar e me banhe de noite com o sal grosso de sua nudez. Que feche meu corpo quando sair de casa, que descosture meu corpo quando voltar. Que brigue pelo meu excesso de compromissos, que me fale barbaridades sob pressão e ternuras delicadíssimas ao despertar. Que peça desculpa depois do desespero e me beije chorando. A mulher que ninguém quer eu quero. Contraditória, incoerente, descabida. Que me envergonhe para respeitá-la. Que me reconheça para nos fortalecer.

Fabricio Carpinejar


Um comentário:

  1. Fabrício, sou assim HUASHAUS
    te seguindo, segue lá: http://simpleseeinefavel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir