Importante!

Este blog foi feito para compartilhar frases e textos, proporcionar alguns sorrisos e quem sabe dar pitadas de emoção à vida de quem o ler.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Coluna do Leitor #3

Boa Tarde!

Infelizmente não tive tempo nesse fim de semana para postar na Coluna do Leitor. Atrasei, demorei, mas então nessa semana a postagem fica na segunda mesmo. Caso receba mais e-mail's, sábado já terá um novo leitor com seu texto aqui.
  
Essa semana recebi um e-mail da Graziela C., que cursa direito e é apaixonada por leitura. 

                                        Perfil da Leitora

Nome: Graziela C.
Idade: 18 anos.
Autor Favorito: "Não possuo um autor preferido, mas li muitos livros do autor khaled Hussein, e o aprecio muito".
Livro Favorito: "Quanto ao livro preferido, tem um que mexeu muito comigo. É este: Meu Pé de Laranja Lima- José Mauro de Vasconcellos".
Frase Favorita: "Como o ser humano é feito de fases, em cada uma delas tenho uma frase favorita, hoje eu poderia dizer que é: "Trago lágrimas, sorrisos, histórias, abraços... trago momentos felizes, momentos de decepção. Carrego pessoas, amores e desamores, amigos e inimigos, desafetos, paixões... Não sou um livro aberto, mas também não tão fechado que você não consiga abrir, basta ter jeito, saber tocar as páginas, uma a uma, e descobrirá de que papel é feito cada uma delas.” (Caio Fernando Abreu)"




Esta tênue linha entre dor e felicidade


Dias como este não deveriam se prolongar, tudo fica tão mais difícil, o ar se torna mais espesso e todos os seus pesares vêem a tona. A dor de não estar com a pessoa amada se torna maior, e junto com a lembrança desse amor vêem também as decepções, toda a carga de sentimentos acumulados te massacra (me massacra). E são em dias como este que você concorda em ser apenas mais um grão de areia, e esquece de todo o seu ser, de tudo que já fez, e simplesmente se joga ao mar, deixando assim que as ondas te levem, você fica a deriva com o coração cheio de angústia, amargura, culpa, arrependimento, dor...
Hoje foi difícil, mas amanha vou vestir mais uma vez minha máscara impenetrável, e vocês não verão a dor por de traz do meu sorriso.


Graziela C. Figueiredo

Nenhum comentário:

Postar um comentário